quarta-feira, 29 de fevereiro de 2012

PUXA

Espreitei pela janela do medo e abalei o querer

Fiquei sentada no chão frio da tua ausência

Fiquei com a tristeza agarrada à pele

Tentei pensar

Tentei não chorar

Sem comentários:

Enviar um comentário