sexta-feira, 3 de fevereiro de 2012

TROP

Quero o teu sabor de mim que guardas nos lábios.
Quero rever-me no espelho dos teus olhos arredondados.
Salta para a parte quente do desejo.
Envolve-me em abraços de saudade quase desesperada.
Lambe o calor da minha pele e despe-me do pecado de te amar demasiado.

Sem comentários:

Enviar um comentário